Tel.: +55 11 3230-0306 / 11 3230-0407 | E-mail: atendimento@korntraducoes.com.br Área do Cliente

Blog de Tradução

Idiomas esdrúxulos
09 janeiro 2018

Veja as particularidades de cinco idiomas que poucos conhecem

Já falamos aqui sobre os quase 7.000 idiomas existentes no mundo.

Além dos idiomas oficiais, há dialetos que são falados em pequenas regiões e por um pequeno número de pessoas. Existem também aquelas línguas que correm risco de serem extintas por falta de falantes.

Abaixo, falaremos sobre cinco idiomas, considerando, mais especificamente, aqueles com particularidades que os tornam incomuns. Vejam:

  1. Pirahã

O Pirahã é um idioma indígena, considerado curioso por não possuir palavras que definem as cores, limitando-se às expressões “claro” e “escuro”. Além disso, não é possível formar frases que expressem passado ou futuro, apenas presente. Por fim, os números também não fazem parte da língua.

  1. Rotokas

A maior particularidade desse idioma está na baixa quantidade de fonemas – são apenas 11! Outro fator que também chama a atenção é o seu alfabeto, que possui somente 12 letras.

  1. Silbo Gomero

Já imaginou conversar por meio de assovios? Pois é dessa forma que os falantes desse idioma, que vivem na ilha de La Gomera, se comunicam e se entendem!

  1. !Xóõ

Pertencente a uma das menores famílias de línguas africanas (Khoisan), estima-se que tenha uma média de 4.000 falantes. É considerado um idioma diferente por possuir um alto número de consoantes (em torno de 164) e 111 cliques, que são sons produzidos pelas línguas ou lábios sem a ajuda do pulmão.

  1. Xhosa

Esse idioma africano possui cerca de 7,9 milhões de falantes. Da mesma forma como o !Xóõ, também há as consoantes cliques, mas, além disso, a curiosidade é que, por ser uma língua tonal, uma mesma palavra pode ter significados diferentes de acordo com a sua entonação.

Vale ressaltar que idioma e cultura estão interligados, ou seja, uma língua que nos soa tão diferente é porque é originada de uma cultura igualmente diferente daquela que fomos criados. Mas isso, em nenhum momento, torna um idioma melhor ou pior do que outro. O interessante, principalmente para nós, tradutores, é conhecer as línguas e suas particularidades, entendendo que esse é um estudo complexo, rico e essencial para nossa área de atuação.

Para quem não trabalha com traduções, essas informações valem como curiosidade e conhecimento. E caso você precise de serviço de tradução juramentada, tradução técnica ou tradução livre, conte com os tradutores da Korn Traduções!