Blog de Tradução

Traduções Jurídicas é com a Korn Traduções
02 October 2018

É advogado? A Korn Traduções compartilha algumas dicas para garantir a boa tradução de seus documentos para outros idiomas!

Sendo especializada em tradução jurídica e tradução financeira, é claro que os grandes clientes da Korn Traduções sejam os escritórios de advocacia.

Consequentemente, parte de nossa equipe também é composta por profissionais formados em Direito e em Tradução, amplamente capacitados a lidar com textos jurídicos diversos, desde documentos contratuais até peças processuais de alta complexidade.

Por esse motivo, embora nosso core business não seja a advocacia, convivemos diariamente com profissionais do Direito, criando familiaridade e afinidade com a área.

Analisando o excelente texto postado pelo Projuris e intitulado 8 dicas dos maiores especialistas em advocacia que farão a diferença na sua carreira*, pensamos em fornecer também algumas dicas para que seus textos possam ser traduzidos para outros idiomas, mantendo a sua essência. Das referidas dicas, transcrevemos abaixo a que mais se relaciona à nossa área:

Seja claro ao se comunicar

Advogados autônomos ou de escritórios sempre têm ótima oratória e escrita. Isso é fato. E isso não quer dizer que a comunicação seja eficiente. Para se comunicar bem e de forma eficiente, você deve ser claroobjetivo. Não use palavras ou frases ambíguas. Comunicar-se bem não quer dizer abundância de fala ou escrita.

Fale e escreva o necessário para não deixar dúvidas…. E use um português sem floreios, assim a chance de todos os receptores entenderem a mensagem é maior.

Dicas da Korn Traduções

  1. Foco

Para o tradutor de textos jurídicos, seja ele ou não um tradutor juramentado, quanto mais simplicidade e foco no teor da sua comunicação o advogado tiver, melhor será o resultado das traduções e a certeza de que ela será compreendida pelo seu receptor.

  1. Sentenças mais curtas

Algumas vezes nos é solicitada a tradução de textos com sentenças muito longas, com várias orações. Na verdade, o objeto está tão longe do sujeito que nem sempre conseguimos entender o que está realmente sendo dito. Sentenças curtas, com uma ou duas ideias relacionadas e linguagem mais simples, facilitam o entendimento por serem claras e concisas.

  1. Linguagem clara

Sempre que possível, evite o “juridiquês”, já que isso dificulta enormemente as traduções para outros idiomas.

Concordamos também com o post sobre a necessidade do idioma inglês para advogados. Entretanto, sabemos que, em determinados momentos, o advogado precisa de traduções urgentes, grandes volumes de tradução jurídica ou de traduções oficiais.

Nesse caso, conte sempre com a Korn para as suas traduções juramentadas ou livres. Korn Traduções, a sua empresa de tradução.

*Para ler a matéria original e na íntegra, clique aqui e acesse o Site ProJuris