Blog de Tradução

05 November 2014

A importância da tradução de sites para outros idiomas

Por que pensar na tradução de sites?

Você já pensou sobre a importância da tradução de sites para outros idiomas? Se seus produtos ou serviços podem ser localizados em ferramentas de busca, como o Google, e se a internet tem alcance mundial, quais são as chances da sua empresa aparecer para pessoas que estão no exterior? Grandes, não é mesmo?

Então, vamos pensar na possibilidade do site da sua empresa ter sido acessado por alguém dos Estados Unidos, ou de outro país. Essa pessoa tem potencial para ser o seu cliente e os seus produtos ou serviços podem facilmente atender quem está distante. Mas será que o seu site está preparado para conquistar esse cliente? O primeiro passo para essa conquista é a comunicação no idioma desse cliente ou em inglês – o idioma mais utilizado comercialmente.

Prepare seu site para o público estrangeiro

Mas não basta ter um site. É preciso prepará-lo para o público estrangeiro. E preparar o seu site significa ter versões em inglês, espanhol e outros idiomas que julgar necessário para o seu segmento. Obviamente, a qualidade da tradução é mais do que fundamental; na verdade, é o seu cartão de visita para o mundo. E uma boa empresa de tradução faz toda a diferença. Mas nem todo site precisa ser integralmente traduzido. Se houver áreas com conteúdos bastante específicos para o público do seu país de origem, talvez não seja necessário traduzi-las. O importante é que as áreas que falem sobre a empresa e sobre seus produtos ou serviços estejam acessíveis em outros idiomas. O site da Korn Traduções possui versões em espanhol e inglês, mas algumas áreas, como Dicas de Tradução e Tem Tradução?, não possuem versões em outros idiomas, pois acreditamos que o conteúdo seja bastante específico para brasileiros.

Bel Pesce, jovem empreendedora que viveu quatro anos no Vale do Silício, concedeu uma entrevista para a Revista Istoé Dinheiro e, quando questionada sobre o porquê do Brasil não ter uma startup que valha 1 bilhão de dólares, respondeu que “(…) Poucas startups pensam em exportar ou até mesmo fazer uma versão em inglês do próprio site. (…)”. É claro que, aqui, não estamos falando, apenas, de startups, mas o posicionamento da Bel sobre o assunto é válido para repensarmos a necessidade de adequarmos os canais de comunicação e, em especial, os sites, para o resto do mundo. Vale ressaltar que ter uma estrutura interna, capacitada para atender a possível demanda estrangeira, também se faz necessário, não por status, mas por vontade de expandir a empresa. Afinal, até onde você quer chegar com o seu negócio?

Preparar o seu site para o público estrangeiro significa traduzi-lo para o inglês, espanhol e outros idiomas que forem necessários para o seu segmento.

A tradução de sites faz com que eles fiquem preparados para o acesso do público estrangeiro