Tel.: +55 11 3078-4404 | E-mail: [email protected]

Blog de Tradução

idiomas-mais-antigos-do-mundo
25 January 2017

Conheça alguns dos idiomas mais antigos do mundo

Há poucas semanas, falamos sobre a existência de mais de 7.000 idiomas no mundo, sendo que muitos correm o risco de serem extintos, uma vez que uma quantidade ínfima de pessoas os dominam. Agora, complementando o assunto, trazemos cinco dos idiomas mais antigos, mas que possuem falantes nativos pelo mundo. Veja abaixo:

Hebraico:

Esse idioma havia caído em desuso 400 a.C, embora preservado como língua para os judeus. Entretando, entre os séculos 19 e 20, foi reavivado, passando a ser o idioma oficial de Israel. A versão moderna da língua difere da versão bíblica, mas, ainda assim, os nativos podem compreender o que está escrito no Antigo Testamento. Além disso, o Hebraico moderno possui influência do Iídiche, outra língua judaica.

Lituano:

Uma das línguas mais antigas do mundo, é falada desde 3.500 a.C, retendo, até os dias atuais, grande parte das características originais, como sons e regras gramaticais.

Basco:

Considerado o mistério linguístico, esse idioma é falado por alguns povos bascos que vivem na Espanha e na França, sendo completamente independente do espanhol, do francês e de qualquer outro idioma existente no mundo. A teoria mais convincente para explicar a existência desse idioma defende que, antes da colonização dos romanos, o basco já era falado nessas regiões.

Finlandês:

Faz parte da mesma família de língua do estônio e do húngaro, mas possui diversas “palavras de empréstimo”, que foram adotadas de outras línguas ao longo de vários séculos. Muitas dessas línguas, inclusive, já não são mais faladas, mas o finlandês mantém as referências vivas. É o caso, por exemplo, de “aiti”, que tem como tradução “mãe”, e vem do gótico.

Islandês:

Língua indo-europeia, do ramo germânico norte, desenvolveu-se de maneira conservadora, mantendo muitas de suas características originais. Um fato que justifica essa história é que o governo dinamarquês do século XIV ao século XX teve pouca influência sobre o idioma, deixando-o praticamente inalterado. Os falantes islandeses, inclusive, possuem total capacidade para compreender as sagas escritas nesse idioma há séculos.

Nesse link é possível ter acesso à matéria original, que aborda, ao todo, os dez idiomas mais antigos do mundo. Vale ressaltar, no entanto, que a notícia está em inglês

E, caso você precise de tradução juramentada ou tradução livre, conte com a Korn Traduções: trabalhamos com traduções de diversos idiomas, tanto antigos como modernos! 😉