Tel.: +55 11 3078-4404 | E-mail: [email protected]

Blog de Tradução

29 April 2015

Cinco motivos para não utilizar ferramentas automáticas de tradução

Por que não usar ferramentas automáticas de tradução?

Diversas vezes já falamos sobre a importância de se optar por uma empresa de tradução ao lugar de utilizar ferramentas automáticas de tradução.

Mas, nesse artigo, seremos mais específicos e explicaremos alguns dos motivos que nos leva a defender essa ideia. Leia a seguir:

1. Ausência de contextualização

Ferramentas de tradução automática são programadas para traduzirem palavra por palavra, independentemente do contexto em que elas estiverem. Como já falamos outras vezes, uma mesma palavra pode ter significados diferentes, e apenas um profissional de tradução é capacitado para definir a melhor tradução para aquele momento. Além disso, as ferramentas de tradução não levam em consideração a cultura do idioma de origem e do idioma de destino, o que faz com que uma tradução automática não propicie entendimento completo para quem estiver lendo o texto traduzido.

 2. Erros gramaticais e outros

O tradutor automático pode traduzir diversos idiomas, mas nenhuma tradução feita por essas ferramentas passa por revisão, o que significa que, nos textos traduzidos por máquinas, é comum se deparar com erros gramaticais, como os de concordância. Além disso, um tradutor profissional conhece as regras de tradução (como a não tradução de nomes próprios, por exemplo). Já as ferramentas nem sempre conseguem discernir um substantivo comum de um substantivo próprio.

 3. Tradutor automático não tem dúvida

Durante um trabalho de tradução pode acontecer de o profissional ter dúvidas sobre a tradução de determinada palavra, o que fará com que ele pergunte para colegas ou pesquise em livros e sites de confiança, tendo cautela com a realização do trabalho, ao mesmo tempo em que aprimora seu conhecimento. Já um tradutor automático não tem dúvidas, o que faz com que a tradução automática seja feita imediatamente, podendo conter erros não só gramaticais, como semânticos.

 4. Palavras sem tradução não são traduzidas por expressões similares

Há algumas semanas escrevemos sobre palavras que não possuem tradução em outros idiomas. Quando estas palavras estão presentes em um texto a ser traduzido, o profissional de tradução consegue encontrar palavras ou expressões similares que passam a mensagem correta. Já uma ferramenta de tradução automática não tem essa capacidade e, muitas vezes, a palavra se mantem no idioma original, sem tradução equivalente.

 5. Conhecimento limitado

Por fim, é preciso lembrar, sempre, que as ferramentas de tradução são robotizadas e, como pode ser concluído com os tópicos acima, possuem vocabulário limitado, o que faz com que, além de terem dificuldade para realizar tradução livres e não poderem realizar traduções juramentadas, também não são programadas para realizar uma tradução técnica, que possui termos complexos e específicos.

não-usar-ferramentas-automáticas-de-tradução

Ferramentas automáticas de tradução são programadas para traduzirem palavra por palavra e apenas um profissional de tradução é capacitado para definir a melhor tradução para aquele momento.

Assim, percebe-se que a tradução feita por ferramentas automáticas não é capaz de transmitir profissionalismo, deixando a qualidade a desejar. Então, para evitar erros graves nos textos traduzidos e, até mesmo uma tradução incompreensível, o melhor a fazer é optar por uma empresa de tradução. Para isso, conte sempre com a Korn Traduções! Traduções juramentadas e livres feitas com profissionalismo.