Blog de Tradução

gramatica_ingles_portugues
04 January 2017

Gramática: essencial para aprender um idioma

Gramática e a comunicação com fluidez

Para aprender um idioma é preciso dominar a gramática. É ela que vai permitir que as frases sejam construídas de maneira coesa, fazendo com que a comunicação flua claramente.

Por exemplo, conhecer os tempos verbais é essencial para que as frases respeitem o momento dos acontecimentos. E, mais do que isso, em diversos idiomas há diferentes formas de expressar o passado e o futuro. No inglês, dois dos tempos verbais que representam passado –  Simples Past e Present Perfect – podem gerar algumas confusões em quem está aprendendo o idioma. Por isso, é importante estudar e conhecer as particularidades de cada um deles para saber utilizá-los corretamente.

Dominar o vocabulário também é indispensável, o que inclui saber que há muitas palavras com pronúncias parecidas, mas significados diferentes. É o caso de Advice e Advise; Breath e Breathe; Ensure e Insure, entre diversos outros exemplos.

Do português para o inglês, gramaticalmente falando, a pontuação é o aspecto que menos muda. Mas uma curiosidade que podemos destacar é o ponto utilizado nas abreviações: no inglês americano, as abreviações são marcadas com um ponto final. Já no inglês britânico, se apenas as letras do meio tiverem sido removidas, não há ponto final. É por isso que, no primeiro caso, escreve-se “Sr.”, enquanto, no segundo caso, apenas “Sr”.

Nesse link é possível ter acesso a diversas matérias que desenvolvem cada aspecto gramatical citado acima, com enfoque na língua inglesa. Se o seu objetivo for dominar e se tornar fluente nesse idioma, vale a pena se dedicar ao estudo da gramática, além de praticar e inserir o inglês no seu dia a dia!

Mas, lembre-se que ser fluente em um idioma não é o suficiente para realizar traduções profissionais. Por isso, caso precise de serviços de tradução juramentada ou de tradução livre, conte com a Korn Traduções!