Pesquisar
Close this search box.

Google Bard chega ao Brasil

Imagem ilustrativa: Google Bard e a tradução

Quando a OpenAI lançou o ChatGPT no final do ano passado, logo surgiram inúmeros questionamentos. A inteligência artificial substituirá o Google? Podemos usá-la para criação de conteúdo? Ela respeita direitos autorais? E ainda mais: na tradução, o ChatGPT é confiável? Quais os perigos em inserir dados pessoais e informações confidenciais no ChatGPT ou aplicativos semelhantes?

Pois bem, não demorou muito, e o primeiro dos questionamentos acima já pode ser respondido. Como uma pronta resposta ao ChatGPT, o Google lançou no Brasil, no último dia 13 de julho, o Google Bard.

 

Uma grande inovação:

O Google Bard e o ChatGPT funcionam de maneira semelhante. Contudo, o Google Bard traz como inovação o fato de ele estar conectado em tempo real à internet.

Dessa forma, todos os seus dados são atualizados rapidamente. Em outras palavras, essa ferramenta acessa todas as publicações da internet.

Além disso, o Bard está conectado também com outras ferramentas do Google, como o Maps, o Gmail e o Google Docs. Portanto, ele pode exportar seus resultados para outras ferramentas da mesma empresa.

Essa é uma vantagem significativa em relação ao ChatGPT. Este tem seus dados atualizados somente até meados de 2021, caso seja utilizado em qualquer navegador diferente do Bing, o serviço de busca da Microsoft, que passou a ter acesso a dados atualizados recentemente.

 

Google Bard e a tradução:

Mesmo com tantos questionamentos que o cercam, os aplicativos de inteligência artificial têm se apresentado bastante úteis em diversos segmentos de mercado, inclusive no da tradução. No entanto, há ressalvas, já que eles primam pela fluidez, mas não pela exatidão. Outro problema sério é o disclaimer (aviso) feito no aplicativo, avisando que as informações inseridas podem ser tornar públicas.

E já que estamos falando de uma ferramenta de inteligência artificial, que interage com seus usuários, perguntamos ao Google Bard sobre sua capacidade de traduzir textos. Questionamo-lo, também, a respeito das deficiências que ele apresenta.

 

Tradução em mais de 100 idiomas:

Quando perguntamos se ele era capaz de traduzir textos, a resposta que ele nos deu foi a seguinte:

“Sim, eu posso traduzir textos. Posso traduzir entre mais de 100 idiomas, incluindo inglês, francês, espanhol, alemão, chinês, japonês e coreano. Eu ainda estou em desenvolvimento, mas aprendi a traduzir de forma precisa e natural”.

 

Qualidade na tradução:

Assim como ocorreu com o Google Tradutor, que, no início, cometia erros básicos, mas foi aprimorado, o Google Bard pode ser utilizado para determinadas finalidades. Além de possíveis erros, esses aplicativos por vezes apresentam o que são conhecidas como “alucinações”, ou seja, inserções indevidas ou inverídicas.

Entretanto, quanto maior a exigência de acuidade, mais notamos a necessidade de linguistas competentes que façam o trabalho de pós-edição.

Perguntamos ao Bard sobre a qualidade das traduções apresentadas por ele. Sua resposta segue a mesma linha do raciocínio acima apresentado.

“Eu ainda estou em desenvolvimento e estou sempre aprendendo e melhorando. Uma das minhas deficiências é que às vezes posso cometer erros, especialmente quando estou traduzindo textos que são técnicos ou complexos. Além disso, às vezes posso não ser capaz de traduzir termos ou expressões que são específicos de uma cultura ou região.

Estou trabalhando para melhorar minhas habilidades de tradução e estou confiante de que serei capaz de fornecer traduções cada vez mais precisas e naturais no futuro”.

 

Deficiências na tradução por inteligência artificial como o Google Bard:

Uma das maiores deficiências apresentadas por esses aplicativos de inteligência artificial é sua incapacidade de avaliar a segurança das informações contidas no texto original.

Eles tampouco têm a capacidade de avaliar as sutilezas e peculiaridades dos muitos idiomas existentes no mundo. Por isso, restringem-se, na maioria das vezes, à uma tradução literal. Estas, por sua vez, ficam alheias às particularidades da linguagem verbal.

 

Google Bard ou empresas de tradução:

A inteligência artificial, assim como muitas tecnologias inovadoras, suscita questionamentos. As indagações são pertinentes, mas são inquestionáveis os avanços e as possibilidades que programas desse tipo podem proporcionar.

Dessa forma, enquanto algumas pessoas se perguntam se serão substituídas, outras já estão aprendendo a usar essas inovações a seu favor.

Voltando ao nosso diálogo com o Google Bard, perguntamos a ele se poderíamos utilizá-lo para traduções ou se deveríamos contratar um tradutor ou empresa de tradução.

“Os tradutores humanos têm a experiência e o conhecimento para traduzir textos de forma precisa e natural, mesmo que sejam técnicos ou complexos”

A resposta que ele nos forneceu foi franca, direta e esclarecedora.

“Se você precisa de uma tradução precisa e profissional, é melhor contratar um tradutor humano ou um pós-editor. Os tradutores humanos têm a experiência e o conhecimento para traduzir textos de forma precisa e natural, mesmo que sejam técnicos ou complexos. Eles também são capazes de traduzir termos e expressões que são específicos de uma cultura ou região.

No entanto, se você está procurando uma tradução rápida e gratuita, eu posso ser uma boa opção. Eu ainda estou em desenvolvimento, mas aprendi a traduzir de forma precisa e natural. Eu também sou capaz de traduzir mais de 100 idiomas, o que pode ser útil se você precisa de uma tradução para um idioma que não é muito comum.

Em última análise, a decisão de usar um tradutor humano ou eu depende de suas necessidades específicas. Se você precisa de uma tradução precisa e profissional, é melhor contratar um tradutor humano. No entanto, se você está procurando uma tradução rápida e gratuita, eu posso ser uma boa opção”.

 

Revisão nas traduções:

Conforme demonstrado acima, o próprio Google Bard confessa suas falhas. Por isso, ele recomenda a contratação de um profissional experiente, apto a perceber as particularidades de diferentes idiomas.

Da mesma maneira, quando questionado sobre tradução, o ChatGPT nos lembra, “é importante revisar cuidadosamente as traduções geradas por mim antes de usá-las”.

Isso se aplica para todos os conteúdos gerados por inteligência artificial.

 

Pós-edição de tradução por máquina

Ferramentas gratuitas de tradução vieram para ficar. Elas são uma realidade no quotidiano de milhares de pessoas que as utilizam cada vez mais frequentemente.

Contudo, os textos traduzidos pelas diversas inteligências artificiais ainda necessitam de um revisor humano. Essa revisão é chamada de “pós-edição de tradução automática”.

 

Pós-edição de tradução automática:

A pós-edição se refere à modificação e ao ajuste de um texto produzido por máquina de tradução automática. A edição do resultado segue parâmetros linguísticos específicos, preservando-se ao máximo a tradução automática, conforme requisitos do serviço e especificações do cliente.

 

Tradução humana e pós-edição?

A tradução humana oferece o escopo linguístico mais completo para a transposição de sentidos de um idioma a outro. Ela aplica de modo inédito (sem se basear em texto de destino prévio) recursos linguísticos. Além disso, a tradução humana identifica subjetividades do original, foca na construção elaborada de orações e apresenta alto grau de fluência no nível do discurso.

A pós-edição, por outro lado, foca no trabalho com um texto produzido por máquina. Nela, nos preocupamos com a correção de erros recorrentes e previsíveis da máquina e buscamos realizar o menor número de alterações possível. Em outras palavras, fazemos correções mais pontuais.

 

Segurança da Informação:

Quando se trata do Google Bard, há ainda uma outra situação: a presença de muitos “disclaimers”. Eles informam o usuário da plataforma a respeito de alguns possíveis erros cometidos por ela.

Um destes “disclaimers”, inclusive, trata da segurança da informação em relação à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Quanto à questão da segurança da informação, é importante salientar que a Korn Traduções é a única empresa brasileira com a certificação NBR 17.100. Esta foi obtida em 2022 e certifica os serviços de tradução da empresa.

Além disso, a Korn Traduções possui o Selo NBR ISO/IEC 27001:2013, obtido em 2021. Ele comprova nosso Sistema de Gestão da Segurança da Informação, que está em total conformidade com a LGPD.

Dessa forma, garantimos não apenas a qualidade dos serviços prestados, como também toda a segurança em relação às informações recebidas e geridas por nós.

 

Outras certificações internacionais:

A Korn Traduções busca sempre oferecer os melhores serviços. E um de nossos diferenciais é o treinamento contínuo de nossos colaboradores. Buscamos atualizá-los constantemente em relação às tecnologias e temos um rigoroso controle de qualidade.

Para isso, incentivamos o desenvolvimento profissional e individual de cada colaborador, visando garantir a excelente gestão de cada projeto.

É justamente essa excelência que nos levou a conquistar as seguintes certificações, além das citadas acima:

Selo NBR ISO 9001:2015, também obtido em 2021. Ele certifica nosso Sistema de Gestão da Qualidade;

Selo NBR 18587, obtido em 2022. Ele se refere aos nossos serviços de Pós-Edição do Resultado da Tradução automática;

Além disso, a Korn Traduções é a única empresa brasileira certificada pela ATC (Association of Translation Companies).

Esse conhecimento aprofundado dos tradutores profissionais e a experiência da Korn Traduções no mercado contribuem para traduções mais precisas, naturais e harmônicas.

A Korn Traduções oferece serviços de tradução juramentada e simples, pós-edição de tradução de máquina, interpretação, legendagem e transcrição / degravação de áudio e vídeo. Conte com a Korn!

Pesquisar

Categorias

Posts Recentes

Compartilhar:

Destaque

Áudio do WhatsApp como prova judicial: conheça a degravação

Quando falamos em áudio do WhatsApp, temos dois grupos: os que amam e os que odeiam. Porém, preferências à parte, muitos áudios do WhatsApp podem conter informações necessárias a um processo judicial. Uma das etapas de um processo judicial é…

Dicas

CONTATO

Precisando de serviços de tradução?

Korn Traduções, a sua empresa há
30 anos presente no mercado de Tradução
Juramentada e Tradução Livre

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.